Praça do Rossio

Rossio

Mesmo na movimentada Praça do Rossio, perto da Avenida dos Restauradores, no coração da cidade, abre-se um túnel ferroviário com quase 3 km de comprimento, no fim do qual se encontra a Estação Central do Rossio, onde terminam alguns dos comboios de longa distância.

Reservar um hotel no centro de Lisboa com desconto

O magnífico edifício da estação

O edifício da estação em si é uma joia arquitetónica e, se não fosse pelo discreto sinal "Estação Central", dificilmente adivinharia que se trata de um edifício ferroviário em funcionamento.

À primeira vista, parece mais um pequeno palácio e até o interior é um deleite artístico para a alma. O edifício principal da estação data de 1891.

Para além do aspeto estético, é claro, a estação tem também um objetivo puramente prático. Os comboios partem daqui em todas as direcções, incluindo o Porto (embora os serviços para norte partam da estação de Santa Apolónia, na margem do rio).

Além disso, a zona pré-mercado dos Restauradores é um dos principais eixos de transportes, onde se cruzam duas linhas de metro e várias linhas de autocarro.

Alojamento no Rossio

Do ponto de vista dos transportes, a Praça do Rossio, com os Restauradores e a Praça da Figueira adjacentes, é uma localização estratégica.

Se quer viver no centro da cidade enquanto se aventura fora de Lisboa, fique aqui.

Transportes para o Rossio

A zona em redor da Praça do Rossio é o principal centro de transportes de Lisboa.

Estação do Rossio

Estação dos Restauradores

Estação Praça da Figueira

O que ver em redor

Descubra todos os sítios a visitar em Lisboa.

Este artigo pode conter ligações de afiliados a partir das quais a nossa equipa editorial pode receber comissões se clicar na ligação. Consulte a nossa página Política de publicidade.